O alto volume de chuvas em Campo Grande nos últimos quatro dias levou a Capital atingir 88% do acumulado esperado para janeiro, de 231,9 mm. Nas últimas 96 horas, o município registrou uma precipitação de 204,2 mm.

O levantamento foi realizado pelo Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de Mato Grosso do Sul). 

Coxim, a 253 km de Campo Grande, foi o segundo município que recebeu o maior acumulado de chuvas nos últimos dias com 177,2 mm, o que representa 71% da média histórica em janeiro, de 248,8 mm.

No total, nove municípios sul-mato-grossenses superaram em 96 horas pelo menos metade da média histórica de janeiro e oito ultrapassaram os 100 mm de chuva. 

Mato Grosso do Sul está sob dois avisos para chuvas intensas pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) que devem ser encerrados na sexta-feira (6), às 09h (horário de MS).

Os dados foram atualizados pelo Cemtec até às 8h30 desta quinta-feira, a partir de informações do Inmet, Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). 

Temperaturas

Nesta quinta-feira (5), a menor temperatura de Mato Grosso do Sul foi de 16,3ºC em Amambai. Nova Alvorada do Sul vem em seguida com 17,5ºC e Itaquiraí com 17,6ºC. Os termômetros na Capital atingiram 20,1ºC.