Um senhor de 65 anos não gostou nada de ser procurado pela neste sábado (21) e entrou em discussão com uma agente de combate de endemias em Campo Grande. A servidora foi até sua casa informá-lo sobre uma denúncia de terreno sujo durante a manhã, no bairro Guanandi, e precisou procurar a polícia após deixar o local.

Conforme relato da agente, de 35 anos, o ficou irritado assim que a mesma tentou avisar sobre a denúncia em relação à sujeira de sua propriedade. No mesmo instante, segundo o registro policial, o senhor começou a se alterar, falando em voz alta e apontando o dedo na cara da servidora.

O idoso teria dito ainda que ela não poderia estar realizando seu serviço no e, por isso, não poderia notificá-lo. Ainda assim, ele assinou um termo de compromisso, mas rasurou o documento escrevendo um recado para a mulher: “vai cuidar da rua”.

Na sequência, a agente de combate de endemias disse que ele não poderia ter rasurado o documento, ao mesmo tempo em que ele respondeu que faria o que quisesse.

Por fim, o homem ainda foi para cima da servidora e bateu em sua mão, chegando a derrubar o celular da agente no chão. Sentindo-se ameaçada, ela procurou a polícia para registrar queixa contra o morador.

Saiba Mais