Procon MS autua banco em Campo Grande por demora excessiva no atendimento

Maioria dos atendimentos demorou mais de duas horas para acontecer
| 27/05/2022
- 17:00
Procon MS autua banco em Campo Grande por demora excessiva no atendimento
Banco autuado (Foto: Divulgação / Procon MS)

O Estadual de Mato Grosso do Sul autuou o Banco Mercantil do S.A, em Campo Grande, depois da agência cometer abusos e os consumidores esperarem atendimento, por vezes, por mais de duas horas. O recomendado são 15 minutos.

Na agência localizada na rua Marechal Rondon nº 1245, a equipe teve acesso a algumas senhas emitidas, inclusive constando horário de Brasília (o que serve para tentar esconder a demora), verificou-se que nem mesmo os clientes (consumidores) com direito a atendimento prioritário foram poupados da demora excessiva.

Houve o caso de um cadeirante que teve sua senha emitida às 11h59, e só foi atendida às 14h05, demora superior a duas horas. Várias outras ocorrências semelhantes foram flagradas pela equipe do órgão, como o exemplo de senha retirada às 11h45 com atendimento apenas duas horas e dezesseis minutos depois, às 14h01.

Ainda como infração, funcionária do banco jogou senha de cliente no recipiente para lixo na tentativa de obstruir o trabalho da fiscalização. Entretanto, como a cliente havia memorizado o número, tal senha foi localizada e constatado excesso de demora.

 Além disso, a agência incorria em outra irregularidades tais como emissão de comprovantes em papel termossensível e, também, o totem que libera as senhas não apresenta rótulos que induzam as pessoas a retirarem a que, na realidade, lhe interessa, causando confusão na hora do atendimento.

Veja também

Obra na cidade é para ampliar o sistema de esgoto sanitario

Últimas notícias