Um supermercado localizado na Rua Afluente, em , foi autuado por comercializar produtos com prazo de validade expirada ou impróprio para o consumo humano por não apresentarem as informações necessárias ou exigidas pela legislação.

Entre os itens com validade vencida, estavam 33 unidades de cerveja, três barris de cerveja vencidos desde 2021, cinco quilos de banha suína vencida em janeiro deste ano, 56 unidades de pó para preparo de gelatina, 19 embalagens de ameixas secas, 34 embalagens de empanados de frango, 12 de hambúrguer e 30 de salaminho.

De acordo com o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor), que realizou a autuação, também foram encontrados cinco “rolinhos” de massa para pastel, cinco embalagens de pães, macarrão instantâneo, farinha de arroz, iogurtes, 10 embalagens de mucilon, sucos, refrescos, energéticos e bebidas alcoólicas vencidas.

Impróprios ao consumo humano, estavam expostos produtos tais como congelada, peixe e azeitonas que não dispunham das informações necessárias e previstas na legislação. Todos os produtos que não apresentavam condições para comercialização foram descartados e inutilizados.