Mães enfrentam espera de mais de 5h ao procurar atendimento para filhos em UPAs de Campo Grande

Longa espera foi relatada nas principais unidades de saúde da Capital
| 24/05/2022
- 18:25
espera na UPA
UPA Vila Almeida (Foto: Leonardo de França/Jornal Midiamax)

Mães que procuraram atendimento em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) de Campo Grande enfrentaram longas esperas, nesta terça-feira (24). Relatos chegam principalmente das unidades do Universitário, Vila Almeida e Coronel Antonino.

Muitas crianças com febre precisaram de atendimento pediátrico na UPA Vila Almeida. Como é o caso do filho de 5 meses da manicure Jirleide Lopes de Souza, de 20 anos. A está desde as 14h esperando atendimento.

"Ele está com febre alta e gripado. Só fez a triagem e falaram para esperar. Estou medindo a temperatura dele, mas a febre não abaixa", relatou ela ao Jornal Midiamax.

Quem também está na unidade com o filho de 9 anos com febre é Tatiana Pires, de 34 anos. Ela está no local desde as 15h e foi informada, logo na chegada, que havia poucos pediatras. A UPA está cheia, tanto com crianças, quanto com adultos que procuram atendimento.

Espera de 4h30

A nora de Valdelice Sabino, de 51 anos, teve 'sorte' e já conseguiu ser atendida, após mais de 4h30 de espera. "A menina de 8 meses estava com 38ºC de febre. Um não aguenta. Minha nora ligou para a ouvidoria, mas falaram que tinham pacientes mais graves que ela", contou.

"É muito difícil. Um bebê não tem condição, ela estava mamando e vomitando e já perdeu quase 500 gramas", revelou.

A lotação do local é observada também pela quantidade de carros estacionados do lado de fora.

Veja também

Com greve de motoristas descartada, ônibus devem circular normalmente nesta quinta

Últimas notícias