Com queda de raios, fevereiro pode ser um dos meses mais chuvosos em MS, prevê Cemtec

Meteorologia aponta que primeiros 15 dias devem registrar chuva diária
| 01/02/2022
- 11:29
Além de chuvas diárias
Além de chuvas diárias, previsão é de temperaturas altas. - (Foto: Leonardo de França/Midiamax)

Ainda sob influência do fenômeno La Ninã, o mês de fevereiro deve continuar registrando chuvas rápidas e intensas, assim como janeiro. O (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) aponta que pode receber maior acumulado de chuva durante os próximos 15 dias, o que será um alívio para o período de estiagem.

Conforme o monitoramento, além de temperaturas dentro da medida, o meteorologista Celso Oliveira, da Climatempo, afirma que haverá aumento da precipitação no Estado. “Se analisarmos essa questão do deslocamento da chuva, ela está cada vez mais ao Sul (do Brasil). Dezembro pegou mais a Bahia, janeiro pegou mais Minas Gerais, e agora em fevereiro, vamos dizer assim, a bola da vez fica entre Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Essas frentes frias, essas Zonas de Convergência ficam mais ativas entre esses três estados”.

A expectativa é que até o dia 8 de fevereiro, acumulados de chuva possam atingir de 5 mm a 100 mm no MS. A previsão é que as chuvas sejam de intensas a moderadas, acompanhadas de raios e rajadas de vento. O motivo dos constantes temporais se deve pela zona de convergência do Atlântico Sul, e da propagação de instabilidades em médios níveis e aquecimento diurno favorecerão a formação de instabilidades, especialmente na região leste do Estado.

Já a previsão estendida, assinada pela coordenadora do Cemtec, Valesca Fernandes, indica que o tempo seguirá chuvoso no MS nos próximos 15 dias. No período de 8 a 16 de fevereiro, é esperado o acumulado de chuva de 40 mm a 175 mm, principalmente nas regiões sudoeste, leste e centro-norte. Para estes dias, o Cemtec estima a possibilidade de chuvas de intensidade moderada a forte e tempestades acompanhadas de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo.

Embora o alívio neste mês, a preocupação é para a redução no volume de chuvas durante os próximos meses. “Embora o mês de fevereiro seja mais chuvoso, não quer dizer que a partir de agora todos os meses serão chuvosos, teremos uma trégua. Uma diminuição dessa estiagem, um certo alívio, mas é importante ficar atento, porque a medida que a gente for caminhando para o final do verão, fatalmente teremos uma diminuição da precipitação na região Sul como um todo”.

O prognóstico aponta que será esperado clima típico de verão, os termômetros devem registrar altas temperaturas. O meteorologista Nathálio Abrahão indica que as temperaturas devem apresentar médias entre 25°C e 26°C, máximas em torno de 30°C a 32°C e mínimas entre 22°C e 23°C. Para o mês de fevereiro, a tendência é que as temperaturas no Estado se mantenham nas médias climatológicas.

 

Veja também

Estagiários têm vagas em Dourados, Campo Grande e Angélica

Últimas notícias