Os terminais de ônibus amanheceram fechados em Campo Grande, na manhã desta terça-feira (21), devido à greve do transporte coletivo. Com isso, o preço da corrida nos aplicativos disparou e muitas pessoas seguem sem conseguir chegar ao trabalho e estudantes sem chegar à escola.

Por volta das 6 horas, uma corrida do bairro Tiradentes ao Jardim dos Estados, que costuma ficar em torno de R$ 13, estava em R$ 24, quase o dobro. Do bairro Coronel Antonino para o mesmo destino, o valor era de quase R$ 33. Uma usuária também relatou que o preço da corrida para o Centro chegou a R$ 50 no aplicativo.

Além do preço, com a escassez dos motoristas de aplicativo, quem tentou acionar logo cedo o serviço também teve que esperar um bom para conseguir um motorista de aplicativo. 

Greve no transporte coletivo

Os usuários do transporte coletivo foram surpreendidos pelos terminais fechados nesta manhã, por uma greve dos motoristas. Segundo os motoristas não há previsão de volta.

Os motoristas teriam encaminhado um ofício, na segunda-feira (20), alertando sobre suposta falta de pagamento por ‘esgotamento de recursos’, mas o problema não teria sido resolvido. O Consórcio Guaicurus ainda não se manifestou sobre a greve.