Com 5 mil trabalhadores, postos de combustíveis são fiscalizados em MS

Visita do sindicato é para apurar se direitos dos trabalhadores estão sendo cumpridos
| 18/05/2022
- 14:07
Com 5 mil trabalhadores, postos de combustíveis são fiscalizados em MS
(Foto: Divulgação)

O Sinpospetro-MS (Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo) está visitando os municípios em MS para conversar com trabalhadores para saber se seus direitos estão sendo respeitados pela classe patronal.

Foram visitados os trabalhadores em postos de combustíveis de Corumbá, Coxim, São Gabriel do Oeste, Rio Verde, Pedro Gomes, Jaraguari e Bandeirantes.

Segundo José Hélio da Silva, presidente do sindicato, a visita serve também para dialogar com a classe patronal para contornar qualquer problema que por ventura seja detectado no município ou na empresa.

“Nosso objetivo é chegar a um entendimento para que os trabalhadores, frentistas e demais funcionários, tenham as melhores condições de trabalho e com os devidos equipamentos de para sua saúde no exercício de suas atividades”, afirma José Hélio.

Dessa forma, o Sinpospetro/MS tem conseguido bons resultados em benefício dos trabalhadores. As questões salariais (hora extra, férias, etc.) também são verificadas e discutidas com a classe trabalhadora, afirma o presidente.

Jardel do Nascimento, assistente jurídico do sindicato, também participa dessas viagens e dos diálogos com a classe trabalhadora. Ele afirma que muitas questões são esclarecidas tanto para os trabalhadores como para os empregadores. E graças ao diálogo e ao bom senso, os problemas têm sido resolvidos de maneira amigável.

Apesar da presença do sindicato no do Estado, a entidade coloca também os telefones (67) 99979-5178  e (67) 3042-0600 à disposição dos trabalhadores para qualquer esclarecimento ou reclamação. Jardel do Nascimento afirma que o Sinpospetro/MS não mede esforços para defender os direitos e o bem-estar dos trabalhadores em postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul.

Em Campo Grande, são mais de 2 mil empregados em postos de combustíveis e em todo Mato Grosso do Sul são mais de 5 mil profissionais.

Veja também

Jornal Midiamax realizou levantamento de preços em 16 postos de combustíveis da Capital

Últimas notícias