Cardiologista que morreu de AVC em Dourados será sepultado em Londrina

Fernando Antônio de Lima Torres tinha 44 anos e trabalhava no Hospital Evangélico de Dourados desde 2019
| 02/02/2022
- 11:45
Ele estava internado em Dourados (MS)
Ele estava internado em Dourados (MS), desde o começo do mês - Reprodução/Redes sociais

O médico cardiologista, Fernando Antônio de Lima Torres, 44 anos, que faleceu na terça-feira (1º), será sepultado nesta quarta-feira (2), em Londrina, no Paraná, onde tem familiares. Ele estava internado em Dourados (MS), desde o começo do mês, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) durante uma viagem de férias com a família.

Graduado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina, em 2001, Fernando obteve sua especialização em cardiovascular em 2006. O profissional também era professor do curso de Medicina da UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) e já foi diretor do HU-UEPG (Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais).

“O Dr. Fernando fazia parte do nosso corpo clínico desde 2019, com dedicação e prontidão exercia seu trabalho com responsabilidade ao hospital e todos seus pacientes”, diz um trecho da nota divulgada pela direção do Hospital Evangélico nesta terça-feira (1º) no da instituição.

Veja também

Conselho de consumidores pediu que governo de MS acate lei que estipula o teto do ICMS

Últimas notícias