Mato Grosso do Sul tem dois casos de novo coronavírus confirmados e quatro monitorados

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou neste domingo (15) que 16 pessoas com suspeitas realizaram testes para o novo coronavírus em Mato Grosso do Sul e 15 resultados foram negativos. Um dos resultados foi inconclusivo e deverá ser repetido. A Secretaria monitora quatro casos suspeitos do Covid-19, sendo dois em Dourados, um em Campo […]
| 15/03/2020
- 19:03
Mato Grosso do Sul tem dois casos de novo coronavírus confirmados e quatro monitorados
Reprodução - Reprodução

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou neste domingo (15) que 16 pessoas com suspeitas realizaram testes para o novo coronavírus em e 15 resultados foram negativos. Um dos resultados foi inconclusivo e deverá ser repetido. A Secretaria monitora quatro casos suspeitos do Covid-19, sendo dois em Dourados, um em Campo Grande e um em São Gabriel do Oeste. Mais dez testes deram negativo para Covid-19, somando 39 suspeitas descartadas. Mato Grosso do Sul possui dois  casos confirmados da doença.

Desde o dia 25 de janeiro, foram registradas 53 notificações de casos suspeitos do coronavírus em Mato Grosso do Sul, sendo que 47 casos foram desconsiderados para Covid-19. Destes, oito foram excluídos por não se encaixarem na definição de caso suspeito do Ministério da Saúde. 39 foram descartados após os exames darem negativo para Covid-19.

O deputado federal Fábio Trad (PSD) aguarda o resultado dos exames para esta segunda-feira (16). Ele manteve contato com o irmão, o senador (PSD), que foi diagnosticado com a doença e está em quarentena em Brasília. O deputado está em isolamento em casa, em Campo Grande.

Em boletim divulgado na tarde deste sábado (14), a SES-MS (Secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul) confirmou os dois primeiros casos de coronavírus no Estado, ambos em Campo Grande.

De acordo com a SES-MS, os pacientes confirmados com a doença são uma mulher de 23 anos atendida na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon no dia 12 de março, contagiada após contato com um caso positivo no Rio de Janeiro.

O segundo caso um homem de 31 anos que esteve na UPA Coronel Antonino, no mesmo dia, e chegou recentemente de Londres além de manter contato com um paciente positivo em São Paulo, ambos estão em isolamento domiciliar e devem permanecer em quarentena por 14 dias. O caso do senador Nelsinho Trad não é contabilizado, pois foi diagnosticado em Brasília após viagem aos Estados Unidos, sem ter vindo ao Estado.

“Os casos estão sendo monitorados e ambos com quadros considerados leves. Vão ficar 14 dias em quarentena”, destacou o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

Os exames que constataram o contágio foram realizados no Lacen-MS (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul) e serão enviados para o laboratório Adolf Lutz apenas para controle dos casos.

Ainda conforme a SES-MS, há um caso suspeito sendo monitorado em Três Lagoas. Desde o dia 25 de janeiro o Estado recebei 40 notificações de casos suspeitos, sendo 37 desconsiderados casos de Covid-19.

Veja também

Com greve de motoristas descartada, ônibus devem circular normalmente nesta quinta

Últimas notícias