Boa notícia: 53% dos que pegaram coronavírus em MS se curaram e só 4 estão na UTI

Boletim divulgado na manhã desta quarta-feira (29) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) aponta que dos 249 casos confirmados do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul (o Covid-19), 132 pessoas estão curadas. Isso representa 53% do total de infectados no Estado. Do total ainda com a doença, 95 estão em isolamento domiciliar e […]
| 29/04/2020
- 15:43
Boa notícia: 53% dos que pegaram coronavírus em MS se curaram e só 4 estão na UTI
Drive de coronavírus no Estado. (Foto: Franz Mendes) - Drive de coronavírus no Estado. (Foto: Franz Mendes)

Boletim divulgado na manhã desta quarta-feira (29) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) aponta que dos 249 casos confirmados do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul (o ), 132 pessoas estão curadas. Isso representa 53% do total de infectados no Estado.

Do total ainda com a doença, 95 estão em isolamento domiciliar e 13 internados em hospitais, sendo apenas quatro deles em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). A boa notícia, no entanto, não deve ser ursada como desculpa para afrouxar o isolamento social, lembra o secretário .

Isso porque a SES estima grande aumento de casos de Covid-19 em MS entre a 21ª e a 25ª semana epidemiológica. O período corresponde a daqui a cerca de três semanas – metade de maio – até todo o mês de junho.

Segundo o Resende, MS está em sua 18ª semana epidemiológica, com 32 casos. As semanas tiveram início a partir do início do monitoramento sistemático de casos suspeitos de Covid-19 no Estado, em fevereiro. A semana atual encerra-se no próximo sábado (2 de maio) e os números podem mudar.

Enquanto isso, a 16ª semana – duas semanas atrás – foi a que mais trouxe aumento de casos. Na ocasião, foram observados 61 novos casos, contra 38 da semana epidemiológica anterior. Resende destacou que cada semana epidemiológica é distribuída conforme as quatro macrorregiões de MS (Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá, e suas respectivas cidades vizinhas).

Veja também

Por outro lado, em apenas um ano, mais que dobrou o número de companhias que realizavam vendas pela internet.

Últimas notícias