Levantamento será analisado pelo Governo do Estado ainda hoje 

A chuva causou muitos prejuízos ao município de Batayporã, a 306 quilômetros de Campo Grande. Nesta segunda-feira (9) uma equipe de apoio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil foi até o município para fazer um levantamento dos prejuízos.

Na avaliação feita pelos integrantes da equipe foram observados alagamentos, chuva intensa com danos materiais em residências e comércios e prejuízos econômicos tanto para o setor público quanto privado.

O local mais afetado pelos alagamentos foi a Lagoa do Sapo, que fica em frente ao Paço Municipal de Batayporã, na região central da cidade. De acordo com os oficiais da Defesa Civil algumas vias ficaram alagadas na área, entre elas as avenidas Antônia Espinosa Mustafá e Brasil.

O levantamento feito pela equipe da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil será analisado pelo Governo do Estado ainda hoje para possível decretação de situação de emergência no município.

Nova Andradina

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil também enviou uma equipe a Nova Andradina, a a 297 quilômetros de Campo Grande, para oferecer suporte técnico. Objetivo é auxiliar a prefeitura municipal na preparação da documentação de todos os prejuízos com as últimas chuvas, que será encaminhada à Secretaria Nacional de Defesa Civil.

Conforme a classificação estabelecida pela Codificação Brasileira de Desastres, a situação de emergência é reconhecida diante de alteração intensa e grave das condições de normalidade em um município, estado ou região, decretada em razão de desastre, com comprometimento parcial da capacidade de resposta aos prejuízos.