Sesau consulta Ministério da Saúde para tentar incluir motoristas em vacinação contra covid

Inclusão dos profissionais em São Paulo traz esperança para motoristas de Campo Grande
| 20/04/2021
- 12:52
Sesau consulta Ministério da Saúde para tentar incluir motoristas em vacinação contra covid
Motoristas realizaram protesto pedindo pela inclusão no grupo de vacinação. - (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Após protestos e ameaças de greve do STTCU (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande), a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) enviou uma notificação ao Ministério da Saúde pedindo a inclusão dos trabalhadores do transporte coletivo de Campo Grande nos grupos preferenciais de ção contra a .

A notificação foi enviada após uma reunião realizada na última quinta-feira (15), mesma semana em que os motoristas do transporte coletivo da Capital realizaram um protesto com faixas no braço pedindo pela vacinação. Sem respostas, ainda na mesma semana, o sindicato não descartava a realização de uma greve.

“Depois da reunião, ficamos esperançosos, ainda mais agora que os motoristas de São Paulo também conseguiram entrar nos grupos prioritários”, disse o diretor-financeiro do STTCU, William Alves. Segundo ele, o imunizante será aplicado em todos os trabalhadores da linha de rente, que incluem motoristas, atendente dos terminais e funcionários que atuam no atendimento direto ao público.

Segundo Alves, estavam presentes na reunião o secretário municipal e Saúde, José Mauro Filho, o diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno e vereadores.

“Eles nos disseram que a prefeitura deseja incluir os funcionários do transporte coletivo entre os grupos prioritários, mas não podem, pois, as doses chegam pré-definidas pelo Governo Federal”, disse o diretor-financeiro do STTCU.

A promessa é que a prefeitura e a classe tenham uma resposta em 15 dias, que começou a contar desde a última quinta-feira (15) e termina no final do mês, no dia 30 de abril.

Veja também

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a analisar hoje (9) a aplicação da Lei Geral...

Últimas notícias