Com isso, o Estado soma 625 casos notificados em 2021. Do total, 137 foram confirmados com febre amarela. Em relação aos casos humanos, houve o registro de oito casos da doença, com três óbitos. Nenhum dos moradores tinha o registro de vacina contra a doença, informou a Dive.