Brasil ultrapassa 330 mil mortes pela covid; média diária é de 2.800 óbitos

Foram 1.931 mortes registradas neste sábado
| 04/04/2021
- 00:19
Brasil ultrapassa 330 mil mortes pela covid; média diária é de 2.800 óbitos
Brasil já tem mais de 330 mil mortos pela covid - Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Com 1.931 mortes registradas neste sábado, 3, pela covid-19, o Brasil ultrapassou a marca de 330 mil vidas perdidas pela doença. A média semanal de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fins de semana, recuou para 2.800 depois de permanecer acima de 3 mil por dois dias seguidos. O número de novas infecções nas últimas 24 horas foi de 40.242.

No total, o Brasil tem 330.297 mortos e se aproxima dos 13 milhões de infectados.

Com os dados deste sábado já são 12.952.621 casos da doença, o segundo país com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos

Os dados diários nacionais são do consórcio de veículos de imprensa, formado pelo jornal O Estado de S. Paulo, G1, O Globo, Extra, Folha de S.Paulo e UOL em parceria com secretarias de Saúde de 26 Estados e do Distrito Federal, em balanço divulgado às 20 horas.

Segundo os números do governo, 11.305.746 pessoas estão recuperadas.

São Paulo

O Estado de São Paulo ultrapassou neste sábado 2,5 milhões de casos. Já foram confirmadas 2.520.204 infecções, com 76.750 óbitos. Nas últimas 24 horas foram 7.026 novos casos e 198 mortes.

O consórcio

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro, de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Ministério da Saúde

Neste sábado, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 43.515 novos casos e mais 1.987 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 12.953.597 pessoas infectadas e 330.193 óbitos.

Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Veja também

Devem pagar por 'ato de gestão ilegítimo e antieconômico' ilegais por gastos da operação.

Últimas notícias