Presidente do Banco do Brasil deve assumir comando do BNDES

Aldemir Bendine deve ir para o lugar de Luciano Coutinho. Convite já foi feito pela presidente Dilma Rousseff 
| 23/01/2015
- 21:53
Presidente do Banco do Brasil deve assumir comando do BNDES

Aldemir Bendine deve ir para o lugar de Luciano Coutinho. Convite já foi feito pela presidente Dilma Rousseff 

Está praticamente acertada a ida do presidente do , Aldemir Bendine, para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ().

O convite já foi feito pela presidente Dilma Rousseff e foi aceito por Bendine, segundo fontes ouvidas pela DINHEIRO. Bendine irá para o lugar de pernambucano Luciano Coutinho, que está à frente do BNDES desde 2007.

Bendine, chamado de Dida por seus funcionários, assumiu o Banco do Brasil, em 2009, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva. 

Em sua gestão foi responsável implementar uma política de crédito no período em que os bancos privados fechavam suas torneiras, no auge da crise financeira global.

Essa estratégia, além de ser fundamental para que o País atravessase a crise de forma mais rápida, ajudou ao maior banco do Brasil a ganhar mercado.

O executivo é natural de Paraguaçu Paulista, município do interior de São Paulo e fez carreira no Banco do Brasil, que entrou as 15 anos, como estagiário.

Em 1982, foi efetivado como concursado. Desde então, ele passou por diversas áreas do BB antes de ser convocado por Lula para assumir a presidência. Seu último cargo, antes do topo, foi a vice-presidência de varejo.

Nos últimos anos, para aproximar mais o banco do mercado e afastá-lo das pressões políticas que sempre cercam as estatais, passou a dividir sua semana entre a sede, em Brasília, e o escritório do BB, na avenida Paulista, em São Paulo.

Veja também

Proteção compulsória foi implementada em dezembro de 2020

Últimas notícias