O secretário de Governo de Campo Grande, João Rocha, e a secretária de Gestão, Evelyse Ferreira Cruz Oyadomari, estão na Câmara Municipal nesta terça-feira (31) para discutir o salário dos servidores municipais que recebem abaixo de um salário mínimo.

A questão é debatida desde a gestão de Marquinhos Trad e, segundo o vereador Valdir Gomes, por omissão do então secretário, o atual deputado estadual Pedro Pedrossian Neto (PSD).

O vereador tentou apresentar projeto de lei para corrigir a distorção salarial que, segundo o parlamentar, afeta 6 mil servidores municipais, mas não conseguiu por vício de iniciativa. Ou seja, a proposta deve ser implementada pelo Executivo.

Uma comissão composta pelos vereadores Valdir Gomes (PSD), Marcos Tabosa (PDT), Alírio Vilassanti (UInião), Victor Rocha (PP) e Professor André (Rede) acompanha o andamento da situação com a prefeitura e participa do encontro desta terça-feira, que acontece a portas fechadas.