O presidente da Municipal de Campo Grande, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, do PSB, recebeu nesta segunda-feira (17), o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2024. O texto, foi entregue pela secretária Municipal de Planejamento e Finanças, Márcia Hokama e prevê R$ 5,893 bilhões para o próximo ano.

Com o início da tramitação, os vereadores poderão apresentar emendas à proposta. Uma audiência pública também será realizada para ouvir a população e a expectativa é que o projeto seja votado até o do primeiro semestre.

A receita total estimada para o próximo ano é de R$ 5,893 bilhões, crescimento de 7,5% em relação ao estimado para este ano, de R$ 5,481 bilhões. A LDO é usada para estabelecer metas da administração pública e como base para elaborar o orçamento, que é definido por meio da LOA (Lei Orçamentária Anual).

Todas as sugestões precisam estar em consonância com o PPA (Plano Plurianual). Depois da aprovação, a proposta, com as emendas, segue para sanção ou veto da prefeita.