O procurador-geral do MPC-MS (Ministério Público de Contas do Mato Grosso do Sul), José Aêdo Camilo participou de sua última sessão, nesta quarta-feira (25). O magistrado aguarda a conclusão do seu processo de aposentadoria, mas já se afastou das ações processuais.

A última sessão foi marcada por homenagens dos conselheiros que agradeceram a contribuição de trabalho do procurador-geral, que após a conclusão do processo passará o cargo para o magistrado João Antônio de Oliveira Martins Júnior.

José participou 606 sessões e proferiu 90.231 pareceres, durante 41 anos de serviço público.

Trajetória

O procurador-geral ingressou no Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul em janeiro de 1981 como Auditor de Controle Externo e passou a ocupar o cargo de Assessor de Conselheiro em 1983 e em 1989 foi nomeado para exercer o cargo de Procurador de Contas do MPC-MS após aprovação no primeiro concurso realizado.

Em 41 anos, ocupou cargos de Corregedor, de Procurador Geral Adjunto e Procurador-Geral, onde encerra sua trajetória na atual legislatura do MPC-MS.