Pré-candidato do PT ao Senado, Tiago Botelho terá apoio de filiados do PSB

PSB deliberou apenas por coligação com tucanos, liberando militância para o Senado
| 23/07/2022
- 12:51
Tiago Botelho, PT, PSB
Tiago Botelho, pré-candidato ao Senado pelo PT. (Foto: Stephanie Dias, Jornal Midiamax)

O pré-candidato ao Senado Federal pelo PT, Botelho, disse na manhã deste sábado (23) que terá apoio de filiados do PSB na corrida pela única cadeira de em disputa nas eleições deste ano. Ele foi um dos convidados da convenção estadual da legenda, na Câmara Municipal de Campo Grande.

Esse apoio virá mesmo com o PSB apoiando o PSDB na corrida pela Governadoria. “Vim a convite do presidente do partido, Ricardo Ayache, que me apoia assim como boa parte do PSB. É um partido muito importante para nós, que indicou o candidato a vice-presidente”, afirmou, em referência ao ex-governador Geraldo Alckmin, que será vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Fico muito lisonjeado de receber apoio de boa parcela do PSB como pré-candidato ao Senado do PT. Eu sou do Partido dos Trabalhadores, temos uma pré-candidata lá [Giselle Marques] e o PSB me chamou aqui”, reiterou.

Convenção do PSB

O PSB realizou a convenção estadual e vai lançar 20 candidatos a deputado estadual e cinco a deputado federal. O partido garantiu que apoiará Lula, e regionalmente, coligará com o PSDB.

“Convenção a gente vem construindo, analisando as pré-candidaturas ao governo do nosso Estado. Eduardo Riedel tem posições firmes, mas respeita o contrário”, afirmou Ayache em discurso.

Veja também

Partido pede que postagem seja removida e aplicação de multa

Últimas notícias