Um motociclista morreu e uma mulher foi levada em estado grave para atendimento devido a um acidente no cruzamento da Rua Souto Maior com a Avenida Dinamarca, no Jardim Tijuca, em Campo Grande, no final da tarde deste domingo. O motociclista chegou a ser atendido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém, morreu no local.

Desde agosto do ano passado, o Midiamax fez publicações de acidentes no cruzamento que é perigoso. Câmera de segurança de uma padaria filmou o momento do acidente. “Aqui é só um semáforo para resolver”, diz a comerciante Evelin de Brito Lopes.

O homem, ainda não identificado, seguia pela preferencial, no caso a Souto Maior, em sentido ao bairro Coophavila, quando foi atingido por uma caminhonete S10. Ele chega a frear, porém, cai ao solo e a caminhonete passa por cima dele e da moto.

Casal que seguia em outra moto, no sentido contrário da Souto Maior também foi atingido. A informação é a de que a mulher que estava na garupa foi levada com ferimentos graves para atendimento. Três homens estavam na caminhonete. Segundo apurado, eles não seriam do Estado e estariam em Mato Grosso do Sul a trabalho. Inclusive a caminhonete em questão seria alugada.

“Acidentes recorrentes, é direto, direto. Aqui já não resolveria mais elevar o quebra-molas, resolveria um semáforo porque ninguém aguenta mais. Aqui, em horário de escola, onze e meia, meio-dia, cinco horas da tarde, quando as crianças saem da escola e passam neste cruzamento é uma loucura, ninguém para, é criança passando no meio de carro, é um perigo e é acidente direto. No chão está apagado o pare da Dinamarca. Tem a placa do pare, às vezes não vê, falta de atenção”, disse Evelin.