Uma moradora, de 50 anos, teve o portão da residência arrombado e diversos pertences furtados na tarde dessa terça-feira (3), na Rua Maria Justina de Souza, no bairro Rita Vieira, em Campo Grande. O prejuízo estimado pela moradora, que teve relógio, jóias, iPad, e roupas roubadas, é de R$ 10 mil. O veículo usado pelos ladrões já havia sido roubado no Chácara Cachoeira, segundo um anúncio feito nas redes sociais.

A ação dos bandidos foi flagrada por câmeras de segurança por volta das 16 horas da tarde. Pelas imagens, é possível ver três homens saindo de dentro de um veículo Gol, que logo arrombam o portão social usando uma chave de fenda. Em seguida, eles arrombaram a janela da sala e ficaram de 8 a 10 minutos dentro da casa. Um quarto assaltante ficou dentro do carro durante o assalto.

Conforme a moradora, que é representante comercial, ela e o marido, de 52 anos, estavam trabalhando no momento do roubo e o filho estava em um da faculdade. Ela conta que o portão ficou aberto enquanto os bandidos estavam dentro da casa, porém a vizinha escutou um barulho muito forte e contou ao marido que poderiam estar assaltando a residência ao lado.

Após perceber a movimentação diferente, o marido da vizinha fez um barulho nos fundos da casa e gritou, momento em que o trio saiu correndo de dentro da residência furtada. Além do roubo, as duas cachorras de estimação fugiram em direção a uma mata, porém, uma delas foi localizada e a outra está desaparecida.  E ainda, o alarme da casa estava desligado, pois devido aos ele acaba disparando por diversas vezes.

Mesmo com a casa cheia de equipamentos de segurança, a moradora conta, abalada, como se sente ao ter seus pertences roubados. “Não é fácil, estou me sentindo muito mal, a gente se sente invadida. Achamos que temos segurança, pois minha casa tem alarme, concertina, cerca elétrica, chave nos portões, cachorros, achei que estava segura… estou me sentindo vulnerável, revoltada e com medo”. 

Há meses, registros de assaltos na região estavam parados, porém retornaram. Ela comentou que um morador do mesmo bairro teve a casa assaltada na última semana. 

Anúncio feito nas redes sociais na manhã de terça-feira (3) indicam que o carro usado no roubo, um Gol, de cor verde escuro, foi roubado no bairro Chácara Cachoeira e estava sendo utilizado para diversos arrombamentos de residências na cidade. Já nesta quarta-feira (4), o veículo foi encontrado abandonado. 

Cachorrinha desaparecida

“Princesa”, de 7 anos, não foi vista desde que a casa foi roubada. Ela é da raça Dachshund, mais conhecida como ‘salsicha’. A cachorrinha tem a cor preta e pintas de cor caramelo nos olhos. 

A dona, triste por ter sido roubada e pelo sumiço de “Princesa”, já fez buscas pelas redondezas do bairro, mas ainda não encontrou. Cartazes foram espalhados pela cidade na esperança de encontrá-la. Para quem encontrar a Princesa, é só entrar em contato pelo telefone: (67) 98126-9401.

Saiba Mais