Dois cabos da Polícia Militar de Campo Grande foram presos nessa quarta-feira (13) por liberarem a entrada de drogas no Presídio de Segurança Máxima. Um deles foi detido quando estava trabalhando na penitenciária. 

Segundo informações obtidas pelo Jornal Midiamax, a Corregedoria já estava investigando os policiais que recebiam Pix para deixar drogas entrarem na penitenciária. Um deles, inclusive, foi preso quando estava na torre da Máxima trabalhando às 5h30 da manhã.

Não há informações de quanto eles recebiam para fazer ‘vista grossa’ para os arremessos pelos muros da Máxima. Os dois foram levados para o Presídio Militar. 

O Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar para saber sobre o caso, e foi informado que as prisões são decorrentes de inquérito que corre em segredo de Justiça.