Francisco Virgil Amarilha, de 34 anos, morreu após ser atropelado por um motociclista, de 23 anos, que estava bêbado e sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), na noite de sábado (21), em Porto Murtinho, distante a 440 quilômetros de . Devido aos ferimentos, a vítima veio encaminhada via Vaga Zero para a Capital, mas infelizmente morreu durante o trajeto.

O acidente aconteceu por volta das 23 horas, quando o autor conduzia sua , de origem estrangeira, sentido cidade/Colônia Bocaiuval e atropelou Francisco, que estava a pé. Ele alegou à polícia que não viu a vítima e confessou ter ingerido quatro latas de cerveja.

Com o impacto, a vítima sofreu fratura exposta na perna direita e possível traumatismo craniano, segundo o boletim de ocorrência. Francisco foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e teve de ser encaminhado via Vaga Zero para um hospital de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante o trajeto. 

A motocicleta do autor ficou totalmente danificada e foi encaminhada ao pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) da cidade.

O caso foi registrado como “praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor”.