A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu 476 litros de agrotóxicos transportados sem a licença ambiental obrigatória, em Bonito. O motorista do caminhão, de 23 anos, foi preso em flagrante.

De acordo com a PMA, militares realizavam fiscalização ambiental na área rural do município em prevenção aos crimes e infrações ambientais, quando se depararam com o caminhão parado na pista de rolamento da MS-178.

A equipe foi ao veículo, onde estava o motorista, e verificou que o caminhão estava quebrado.

Em vistoria na carroceira do caminhão, a equipe encontrou vários galões plásticos contendo 476 litros de agrotóxicos, que eram transportados sem a licença ambiental obrigatória e em desacordo com as normas de transporte de produtos perigosos.

O material pertencia ao proprietário de uma fazenda, localizada no município de Jardim, para onde seguia e não havia nota fiscal dos produtos químicos.

Além disso, também não havia nenhuma proteção no veículo especial para o transporte do produto perigoso, nem rótulos de riscos, tudo em desacordo com as normas ambientais.

O veículo e os tambores com os 476 litros do produto perigoso foram apreendidos. O condutor do caminhão, residente em Jardim, recebeu voz de e foi conduzido à de Polícia Civil de .

A PMA também confeccionou um auto de infração administrativo e arbitrou de R$ 20.000,00 contra o proprietário da fazenda e dono dos agrotóxicos, o qual também reside em Jardim, mas que não estava no local.

Ele também poderá responder pelo crime.