Durante uma realizada pela Receita Federal, foram apreendidos diversos tipos de mercadorias, avaliadas em R$ 1 milhão, sem documento fiscal em um hotel de , cidade a 426 km de Campo Grande.

Foi constatado que os produtos, a maioria do setor de vestuários e alimentícios eram trazidos da sem qualquer documentação. A foi acionada.

A ação ocorreu na quinta-feira (30) com a participação dos servidores da Alfândega e do Grupo Regional de Vigilância e Repressão da 1º Região Fiscal da Receita Federal, segundo o site Diário Corumbaense.

A fronteira com Corumbá, Segundo a Receita Federal, é uma das principais entradas de vestuários irregulares, caracterizando contrabando, descaminho e falsificação. Além de atender a demanda local, esses vestuários abastecem diversas regiões do país, gerando prejuízo de bilhões de reais por ano com sonegação de e concorrência desleal, e muitas vezes, financiam o crime organizado. 

(Divulgação/Receita Federal)