No final da tarde dessa segunda-feira (3), um casal que estava com uma dentro do carro foi abordado por policiais militares que faziam rondas na região do bairro Sitiocas Campina Verde. O procedimento resultou na apreensão de 99 quilos e 350 gramas de maconha.

Foi solicitado para que a mulher pegasse um documento na casa, sendo autorizado por ela que um policial a acompanhasse. Entretanto, já no portão foi percebido um forte odor, aparentando ser maconha. Questionada, sobre o cheiro, a mulher disse não ‘sentir nada’.

“Através do forte cheiro, provavelmente devido ao calor, fizemos a busca na residência, sendo localizado no quarto grandes volumes com tabletes de maconha, que pesou aproximadamente 99,350 gramas da ”, revelou um policial no boletim de ocorrência.

A mulher negou conhecimento da existência da droga, que foi assumida pelo seu acompanhante de 19 anos. Ele disse ter pego a maconha em . Os dois foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto atendimento Comunitário) de .

Já a criança foi entregue a uma irmã do acusado, que foi chamada para ir ao local. O rapaz teve que ser algemado porque dava sinais de que poderia fugir.

Saiba Mais