Um mês após ser solto, ex-ator da Globo e Record é alvo da polícia por agredir mulheres em MS

Suspeito estaria agindo de forma violenta no bairro São Bento, área nobre da cidade. 
| 21/04/2022
- 07:55
Um mês após ser solto, ex-ator da Globo e Record é alvo da polícia por agredir mulheres em MS
Foto: Divulgação

Pouco mais de um mês após ser preso por ameaçar funcionários de uma lanchonete e dar ‘show’ em uma de Campo Grande, o ex-ator da Globo e Record, Thiago Queiroz Baldini Almeida, de 41 anos, voltou a ser alvo da polícia. Segundo denúncias, ele estaria agindo de forma violenta e até agredindo algumas , no bairro São Bento, área nobre da cidade. 

Conforme informações repassadas ao 1° BPM (Batalhão da Polícia Militar), o suspeito fica nas proximidades de uma padaria tradicional do bairro e lá aborda as pessoas. 

“Ele está agredindo mulheres aqui no São Bento. Ontem correu atrás de uma mulher e ficou batendo no portão, gritando. Ele não sai de perto da padaria e está muito violento. Ele aborda a gente no carro, não temos mais sossego. Não é um morador de rua, que age de forma pacífica. E os policiais já o prenderam, então, os órgãos precisam de mobilizar para resolver o problema dele”, argumentou a denunciante, que é uma empresária de 62 anos. 

Na região, as pessoas sabem que ele é usuário de drogas e também que ele quer ir embora para o Rio de Janeiro, já que fala isso para algumas pessoas que frequentemente vão à padaria. "Ele fala que quer recuperar a vida dele, então, acho que a assistência social deveria intervir. Os moradores da região estão se mobilizando para não dar mais dinheiro, comida e esmola para ele e ver se assim resolve a questão", disse a empresária.

Preso por ameaça

No dia 12 de março, Thiago foi preso em flagrante por furto e também por  ameaçar funcionários de uma lanchonete na avenida Ricardo Brandão, próximo da Câmara dos Vereadores, por volta das 17 horas.

Para os policiais militares da 11ªCIPM, o gerente relatou que Thiago estava ameaçando funcionários e perturbando o ambiente de trabalho.  Durante a abordagem, foi encontrado um celular furtado com ele. 

Dois dias depois, Thiago passou por audiência de custódia e foi liberado sem qualquer restrição imposta pela Justiça.

Celular furtado encontrado com Thiago (11ªCIPM)
Celular furtado encontrado com Thiago (11ªCIPM)

Durante a manhã, o ex-ator já havia ameaçado os funcionários e perturbado o ambiente de trabalho. Ele então foi orientado pela polícia, porém, retornou no final da tarde do mesmo dia e começou a ameaçar os funcionários novamente. 

Em checagem, foi verificado que o aparelho havia sido furtado. Perguntado sobre o celular, de início ele contou que havia comprado e depois disse que achou o telefone. 

Suspeito precisou ser algemado na delegacia

Ele então foi levado à Depac Centro e foi colocado sentado na sala de confecção de boletim de ocorrência, onde deveria aguardar. Porém, segundo a polícia, muito agitado, quebrou a cadeira da sala com chutes e xingou os policiais. Foi então necessário o uso de algemas. 

Ele então foi preso em flagrante por dano, ameaça, receptação, desacato e perturbação do trabalho ou do sossego alheio.

Veja também

Últimas notícias