Dupla que furtava veículos é identificada e receptador preso em Campo Grande

A polícia se deslocou  até o endereço, onde ele foi localizado na companhia de outro jovem de 20 anos
| 09/02/2022
- 03:08
Divulgação
Divulgação, Polícia Civil

No início da manhã de hoje, policiais civis da (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), após análise das imagens apresentadas pela vítima, identificaram o veículo Ford Fiesta, de propriedade de um jovem de 23 anos, que foi preso em outubro do ano passado pela prática do crime de furto de veículo com o mesmo modo de agir, com a utilização de dispositivo eletrônico para evitar o travamento das portas.

A polícia se deslocou  até o endereço, onde ele foi localizado na companhia de outro jovem de 20 anos. Além dos suspeitos, foram localizado o veículo Fiesta e mais equipamentos eletrônicos para destravar veículos. 

Ainda no local, o rapaz de 23 anos foi questionado sobre o furto da Toyota Hillux e de confessou o crime, afirmando que estaria disposto a colaborar para localizar o veículo, pois não estava mais na sua posse.

Desta forma, os suspeitos foram convidados a acompanhar os investigadores até a Especializada, confirmaram o furto do veículo e que após o crime, entregaram para uma pessoa, outro rapaz também de 23 anos. 

A dupla esclareceu que em razão do crime de furto do veículo Toyota recebeu um veículo Sandero, que também estava na casa, junto com o Fiesta.

Em diligência, o veículo Toyota foi localizado no bairro Taquarussu, sendo visualizado no interior da residência a caminhonete com as mesmas cores e características, estacionada com a frente para a rua e sem a placa. Foi dada voz de prisão em flagrante ao rapaz.

Neste momento, o autor quebrou o celular que portava, e mesmo recebendo ordem para se colocar em posição de revista/busca pessoal, resistiu e começou a falar que não poderia ser preso. 

Os veículos e outros objetos relacionados foram apreendidos e encaminhados para. Defurv. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de receptação. As investigações continuam através do Inquérito Policial e a polícia civil está à disposição da sociedade para servir e proteger. Qualquer denúncia poderá ser realizada pelo telefone 3309-8020.

 

Veja também

Últimas notícias