Ao ver imagens, filha se espanta e admite 'excesso' em agressão a idosa de 89 anos em MS

Idosa estaria sob os cuidados de outro filho
| 03/05/2022
- 12:05
Ao ver imagens, filha se espanta e admite 'excesso' em agressão a idosa de 89 anos em MS
(Reprodução)

A mulher de 57 anos flagrada agredindo a mãe, uma de 89 anos, disse, quando prestou depoimento ao delegado Willian Rodrigues, que não se lembrava do ‘excesso’ das agressões. O caso aconteceu em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande.

O delegado disse ao Jornal Midiamax que a mulher falou sobre as agressões, mas quando mostrado a ela o vídeo relatou que não se lembrava do excesso cometido contra a mãe. A idosa foi levada para a de outro filho. A mulher foi ouvida e liberada.

Ainda segundo o delegado, a mulher pode responder por maus-tratos e ainda pelo crime de tortura. As investigações continuam. Ela ainda disse que cuida da mãe e estaria "exausta" pelo papel desempenhado. Não foi constatada lesão na idosa.

Pena

Conforme o Estatuto do Idoso, a pena para lesão corporal de natureza grave varia de 1 a 4 anos em caso de condenação.

Veja também

Vídeo mostra o prefeito de Ivinhema, Juliano Barros Donato (DEM), conhecido como Juliano Ferro, durante...

Últimas notícias