Polícia

Moradora que foi incendiada enquanto dormia teve 50% do corpo queimado

A mulher de 29 anos que teve o corpo incendiado enquanto dormia durante a madrugada desta terça-feira (1º), na região da antiga rodoviária de Campo Grande está internada na área vermelha da Santa Casa da Capital. Segundo a assessoria de comunicação do hospital, a mulher teve 50% do corpo queimado tendo o rosto, as costas […]

Thatiana Melo Publicado em 01/10/2019, às 09h26 - Atualizado às 14h42

(Minamar Júnior, Midiamax)
(Minamar Júnior, Midiamax) - (Minamar Júnior, Midiamax)

A mulher de 29 anos que teve o corpo incendiado enquanto dormia durante a madrugada desta terça-feira (1º), na região da antiga rodoviária de Campo Grande está internada na área vermelha da Santa Casa da Capital.

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, a mulher teve 50% do corpo queimado tendo o rosto, as costas e membros superiores e inferiores queimados. As queimaduras são de 2º e 3º graus. Ela está internada na área vermelha consciente e orientada.

Uma testemunha teria contado ao Jornal Midiamax, que a autora do crime estaria bêbada e que teria ateado fogo na vítima depois do marido paquerar a mulher. O crime aconteceu por volta das 3 horas da madrugada desta terça (1º).

Após incendiar o corpo da mulher, a autora fugiu em um carro com membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Os militares fizeram diligências, mas não encontraram a mulher.

No dia anterior as duas mulheres haviam sido levadas para a delegacia após entraram em luta por uma briga, que não teve os motivos revelados.

Jornal Midiamax