Presos no Aero Rancho supostos ladrões flagrados arrombando janela na Vila Marli

Apesar da suspeita, vítima não os reconhece
| 28/04/2017
- 14:30
Presos no Aero Rancho supostos ladrões flagrados arrombando janela na Vila Marli

Apesar da suspeita, vítima não os reconhece

Matheus Santana de Matos, de 22 anos, e André Espinosa Vieira, de 30 anos, foram presos na noite desta quinta-feira (28), no Jardim Aero Rancho, em Campo Grande, suspeitos de vários furtos a residências na cidade. Eles podem ser os mesmos ladrões, flagrados pelo circuito de segurança de uma casa na Vila Marli, no último dia 20 de abril.

Por volta das 23 horas desta quinta-feira (28) depois de diligências, equipes do Batalhão de Choque conseguiram localizar a dupla, que usava um Chevrolet Corsa, de cor vermelha, para invadir várias residências e furtarem objetos dos imóveis.

Na Rua Gruta de Marques, no Aero Rancho, a equipe do Batalhão Choque localizou Matheus conduzindo o veículo Corsa e ao ser abordado ele teria dito, “caiu, perdeu”. Matheus confessou estar de posse de um revólver calibre 38 e ter feito vários roubos em residências.

Ele ainda teria dito que cometia os crimes na companhia de mais duas pessoas conhecidas como ‘Luquinha’ e ‘Andrezinho’, André Espinosa Vieira. Ao chegarem a residência de ‘Andrezinho’, os policiais encontraram os objetos furtados, sendo que um notebook e um tablete já estavam sendo negociados pelo valor de R$ 100.

Na residência ainda foram encontradas munições calibre 32, 38 e uma pistola Glock, além de carregadores municiados. Duas espingardas de pressão modificadas para calibre 22 também foram encontradas.

André Espinosa foi autuado por receptação e Matheus Santana, que estava foragido, por porte ilegal de arma, roubo, Já ‘Luquinha’ não foi localizado pelos policiais.

Furto flagrado pelas câmeras 

A dupla de ladrões flagrada por câmeras de segurança, durante um a uma residência, na Vila Marli, também utilizou uma ferramenta tipo ‘pé de cabra’ para ‘estourar’ a fechadura da janela. O crime ocorreu na última quinta-feira (20), na véspera do Feriado de Tiradentes.

Em uma publicação, no Facebook, nesta sexta-feira (28), o morador da casa disse não reconhecer os presos.

“As informações de que a quadrilha presa esta madrugada seria a que teria furtado a minha residência semana passada (20/04) não é verdadeira. Essa quadrilha também atuava não região, mas os autores do furto a minha casa ainda estão à solta e nenhum objeto Furtado ainda foi recuperado (sic)”, publicou.

Vídeo

 

(Matéria editada às 17h44 para correção de informações)

Veja também

Últimas notícias