A vítima pintava uma parede quando recebeu a descarga elétrica

O pintor Ivael Teodoro de Souza morreu eletrocutado na tarde desta segunda-feira (18) enquanto pintava uma parede de uma madeireira no Pólo Industarial de Chapadão do Sul, a 333 quilômetros de .

De acordo com o site Chapadense News, a vítima pintava uma parede na altura do telhado quando recebeu a descarga elétrica. Depois do incidente Ivael teve várias queimaduras pelo corpo e ficou de joelhos na mureta do prédio. Ele chegou a ser atendido pelo Corpo de Bombeiros da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo funcionários da madeireira, era o primeiro dia de trabalho do pintor no local. Após a confirmação da morte, a família da vítima precisou esperar cerca de cindo horas pela chegada dos peritos do IML (Instituto Médico Legal) de , para a liberação do corpo.