Alisson Patrick, de 22 anos e Willian Tomás Ferreira de Aquino, 18 anos, foram presos na tarde desta sexta-feira (29) ao serem pegos com seis papelotes de pasta base. Eles estavam em frente a uma drogaria na Rua Euclides da Cunha com a Rio Grande do Sul, quando ao avistar policiais que passam pelo local andaram em direção oposta à moto em que estavam.

“Com essa atitude suspeita de ter ido embora a pé e não com a moto, fomos abordá-los, como parte do tirocínio policial, que é o monitoramento de uma região com abordagens em pessoas suspeitas”, afirmou um dos policiais que participou da ação, soldado Vitor.

Os jovens afirmaram que compraram a droga no bairro Estrela do Sul, mas que moram no Nova Lima. “Pela atitude, desconfiamos que eles estavam planejando assaltar a farmácia”, também argumentou o aluno cabo Marcelo Teixeira.

Com eles ainda foi encontrado R$ 471,00 em dinheiro que será investigado se é resultado de venda de droga ou outro ato ilícito. Os jovens foram encaminhados para a base móvel da Polícia Militar para registrar boletim de ocorrência. Não foi divulgado para qual delegacia eles serão encaminhados.

Os dois já têm passagens pela polícia, Alisson por tentativa de homicídio e o Willian por porte de droga.

Os funcionários da drogaria, que não quiseram se identificar disseram que não imaginavam que poderiam ser alvo de assaltos, visto que o governador André Puccinelli (PMDB) mora no prédio em frente a farmácia. Eles também confirmaram que os jovens compraram no local, mas consideram a região como segura e por isso não desconfiaram de nada.