O namoro de Xuxa e Pelé durou 6 anos na década de 1980, mas foi o suficiente para reverberar até os dias de hoje. Em entrevista ao podcast Quem Pode, Pod, nesta terça-feira (11), a apresentadora disse que, ainda que tenha perdido a virgindade com outro homem, Pelé foi seu “primeiro”.

“Ele falava ‘não acredito que você nunca viu isso, nunca tinha feito isso’. Foi realmente a primeira transa porque eu transei com um homem do jeito que deveria ser, e foi com ele”, afirmou ela.

Além disso, Xuxa contou que Pelé saía com outras mulheres, pois separava sua vida em três personalidades. “Ele falava na terceira pessoa. Ele tinha três personalidades: o Dico [apelido], o Edson [nome] e o Pelé [nome artístico]. Ele dizia que tinha que ter outras mulheres. Por isso que ele inventou aquela história de amizade colorida, e eu ficava repetindo”, relembrou.

“Eu, com 17 anos, repetia o que ele falava. Ele dizia ‘as mulheres ficam dando em cima do Pelé, mas não se preocupa porque na hora em que o Pelé estava transando, eu estava pensando em você. Eu ficava na dúvida se achava que tinha que aceitar uma traição sem querer. Não era uma relação aberta. Eu não podia fazer tudo, e ele podia porque não era ele, era o Pelé. Lembrando que era minha primeira relação, então eu não sabia comparar se outra era mais sadia”, declarou Xuxa.

Pelé e Xuxa Meneghel namoraram entre os anos de 1981 a 1986 e terminaram quando ela começou de fato a se dedicar à carreira de apresentadora na Globo.