Mais uma página dramática foi acrescentada à história da família Poncio durante o fim de semana. O patriarca da família, pastor Márcio Poncio, anunciou separação da esposa, Simone Poncio, após 27 anos de casamento. Mesmo sem traição carnal, o pastor e dono de fábrica de cigarros diz que a confiança entre os dois foi quebrada.

“Lutei com todas as minhas forças para que não chegasse nesse ponto. Sei que muitos lares estão sendo desfeitos e teria que dar o exemplo de resistência e superação, mas não foi o caso. Amo minha esposa mais que tudo nessa vida (Deus sabe). Não sei se sobreviverei sem ela, mas do jeito que estávamos não foi mais possível continuar”, começou ele em um texto publicado nos Stories do Instagram onde coleciona mais de 650 mil seguidores.

Comunicado de Márcio Poncio sobre a separação
(Reprodução, Instagram)

“Não houve traição carnal talvez uma traição da nossa aliança em vivermos juntos em qualquer circunstâncias da vida e isso foi quebrado. A confiança, a cumplicidade, a esperança e o companheirismo já não existe mais. Lamento muitíssimo estou e ficarei muito triste
talvez até a morte por isso. Não sei se irei superar ou suportar peço que orem por esse que já foi um lindo e feliz casal”, finalizou ele.

Os dois são pais de Sarah e Saulo Poncio, que ganharam notoriedade nas redes sociais depois de outro escândalo familiar envolvendo a atriz Letícia Almeida em 2018. Saulo, ex-namorado de Letícia, revelou nas redes sociais que não era o pai da criança que tinha registrado. A atriz revelou que ficou grávida do ex-concunhado, Jonathan Couto, marido de Sarah, enquanto todos moravam na casa da família Poncio.