Cartas de 1950 trocadas entre Campo Grande e Rio de Janeiro viram 'história de amor' no cinema

Documentário ‘Espero que esta te encontre e que estejas bem’ resgata a história por meio dos manuscritos datados dos anos 50 de um amor vivido a distância
| 09/06/2022
- 15:40
Cartas de 1950 trocadas entre Campo Grande e Rio de Janeiro viram 'história de amor' no cinema
'Espero que esta te encontre e que estejas bem' já está disponível nos cinemas (Foto: Divulgação)

Dizem que o amor verdadeiro é capaz de ultrapassar tempos e espaços para permanecer intacto. Cartas trocadas entre os anos de 1950 por um casal composto por uma de Campo Grande e seu noivo, do , viraram tema de filme estreado nesta quinta-feira (9) nos cinemas. Dirigido por Natara Ney, o documentário ‘Espero que esta te encontre e que estejas bem’ resgata a história de amor por meio dos registros manuscritos datados dos anos 50.

Em homenagem ao Dia dos Namorados, o longa estreia nos cinemas nesta quinta-feira nas cidades São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Porto Alegre, Manaus, Campo Grande, Brasília, Belo Horizonte, Balneário Camboriú e Aracaju.

Tudo começou quando a diretora roteirista Natara Ney, que estava no centro Rio de Janeiro, encontrou um maço com 180 cartas, escritas entre 1952 e 1953. Nelas, uma história de amor, entre Lúcia e Oswaldo.

“Após as ler, colocar em ordem cronológica, fiquei encantada e curiosa. O que havia acontecido com aquele casal apaixonado? Como terminara a história deles? E principalmente encarei como missão devolver aquela preciosidade para os seus verdadeiros donos”, conta a cineasta.

No texto das cartas, a apaixonada Lúcia se dirige ao seu amado, enquanto espera-o. Ela, moradora de Campo Grande (MS), Ele, do Rio de Janeiro. Em suas palavras, a jovem fala muito da saudade, da espera e do amor que sente.

“Depois de ler o conteúdo senti que elas não me pertenciam que eu tinha que devolver para alguém, ainda não havia uma ideia concreta do que fazer. Só mais tarde pensei em filmar esta investigação, este trajeto que, eu esperava, chegasse até os verdadeiros donos”, explica a diretora.

Espero que esta te encontre
Maço de 180 cartas inspirou cineasta a contar história de casal que dividiu o amor entre Campo Grande e Rio de Janeiro (Foto: Divulgaçãol)

Das cartas ao filme

Ao longo de sete anos, desde a descoberta das cartas até a finalização do longa, Natara filmou em Campo Grande e Rio Janeiro, e colocou ao centro, do documentário, a sua própria história de amor.

‘Espero que esta te encontre e que estejas bem’ conta diversos trechos das cartas são lidos por pessoas que cruzam o caminho da diretora.

Sinopse

"Em janeiro de 2011 um lote com 180 cartas de amor foi encontrado em uma Feira de Antiguidades, todas escritas por uma moradora de Campo Grande/MS para o seu noivo no Rio de Janeiro. Durante 2 anos, 1952/53, ela relata sobre a paixão e a distância. A partir desta descoberta, uma investigação se inicia para localizarmos este casal apaixonado e descobrirmos o desfecho do romance. Uma história sobre amor, tempo e memória."

Em Campo Grande, o documentário ‘Espero que esta te encontre e que estejas bem’ está disponível no Cinemark, em formato 2D, no horário de 19h30.  Assista ao trailer:


Fale com o MidiaMAIS!

Quer conversar com a gente sobre o universo do entretenimento e cultura? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e Tiktok. Tem uma história legal para compartilhar com a gente? Fale direto com nossos jornalistas do Midiamais.

Veja também

A Mostra começa às 19 horas de terça-feira (21) e entrada será gratuita

Últimas notícias