Tobias, um dos peixes mais velhos do Bioparque , foi encontrado morto no tanque Submersa/América. Da espécie Crenicichla cyanonotus, o jacundá tinha estimada em 12 anos e faleceu em fevereiro deste ano. De acordo com o complexo, a causa da morte teria sido justamente sua velhice.

O animal morreu no dia 15 de fevereiro, há quase 3 meses. Entretanto, o Bioparque Pantanal optou por não divulgar o falecimento, mas a reportagem descobriu. Além disso, o corpo de Tobias está congelado em uma câmara fria nos interiores do ponto turístico.

Testemunhas teriam visto, na data mencionada, que Tobias estava caído e não se mexia. Até que os biólogos do local foram acionados e o peixe foi retirado com uma rede do recinto em que vivia. Em seguida, o óbito foi constatado.

Tobias era um dos mais velhos peixes do Bioparque Pantanal - (Foto: Divulgação/Bioparque)
Tobias era um dos mais velhos peixes do Bioparque Pantanal – (Foto: Divulgação/Bioparque)

Ao Jornal Midiamax, o Bioparque Pantanal revela detalhes da morte do Jacundá. “Sim. O Tobias era um dos peixes mais velhos do plantel. Ele chegou em janeiro de 2016 e já era adulto. Portanto, estimamos que ele possuía em torno de 12 anos de idade”, afirma o Aquário, confirmando que Tobias morreu de “causas naturais devido a idade avançada”.

Por que o corpo do peixe Tobias está congelado no Bioparque Pantanal?

Assim, o Bioparque também explica o motivo pelo qual os restos mortais do animal estão congelados. “Seguimos um protocolo de sanidade que inclui a necropsia para investigar a causa morte e, após esse procedimento, o espécime é corretamente armazenado em câmara fria para futuros estudos”, esclarece ao MidiaMAIS.

Vale ressaltar que a imagem de Tobias permanece no stand informativo que mostra as espécies do tanque Amazônia Submersa/América, apesar do peixe já não estar mais entre nós. Seria esta uma forma de homenageá-lo?

Mesmo morto, Tobias é anunciado como espécie presente em tanque - (Foto: João Ramos/Midiamax) peixe bioparque pantanal
Mesmo morto, Tobias é anunciado como espécie presente em tanque – (Foto: João Ramos/Midiamax)

Tobias tem substituto à altura no Bioparque Pantanal?

Em sua longa vida, Tobias não se reproduziu. Ele era o único representante de sua espécie (Crenicichla cyanonotus) e, portanto, não deixou herdeiros. Todavia, um outro Jacundá (Crenicichla lugubris) tem feito a alegria no Aquário do Pantanal e pode ser considerado seu substituto.

Trata-se de Jorge, o “antissocial” e solitário peixinho com problemas de relacionamento. Jorge vive no tanque Neotrópico, o túnel do Bioparque, e ganhou o coração dos campo-grandenses que se identificaram com suas dificuldades para se relacionar.

Seria ele o substituto oficial de Tobias? A conferir.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok