Em tempos “áveis”, quando cada respiro vira uma foto postada nas redes sociais, basta ter um celular em mãos para fazer ótimas fotografias. Até porque os aparelhos de hoje permitem postar as imagens praticamente em tempo real, logo após de tratá-las em aplicativos de edição e deixar o conteúdo mais apto às curtidas.

Por isso, fica meio confuso entender o que está por trás da nova tendência: na rede social Tik Tok, as câmeras do estilo Cybershot – aquelas que a gente usava há uns 10, 15 anos atrás, antes dos celulares se tornarem “smart” – voltaram a ser febre, sobretudo entre a garotada.

Sim. Verdadeiro sucesso nas últimas décadas, a máquina fotográfica compacta voltou a ser item-desejo de influenciadores, celebridades e público mais jovem, que veem nas câmeras a chance de deixar os celulares de lado para fotos com estética mais ‘vintage’.

cybershot
Era com essas câmeras que seres humanos registravam momentos nas últimas décadas | Foto: Wikicommons | Madmaxmarchhare

Mais interessante ainda é que um modelo que há alguns anos era muito disputado, a exemplo da Sony Cyber-Shot DSC-W800, custa R$ 1.700, em média, praticamente o preço de um smartphone que provavelmente tem as mesmas funções, certamente, bem mais.

Quem viveu sabe que dava pra fazer nas máquinas digitais era basicamente aplicar alguns filtros – sépia era um deles, que deixava a foto com uma estética retrô. Alguns modelos até favoreciam mexer em configurações. Na época, no entanto, o lance era não precisar mais revelar os filmes fotográficos. A foto saia instantaneamente. O mais puro suco da modernidade.

Mas, mesmo com celulares potentes, fica difícil nadar contra uma tendência – ainda mais quando ela é puxada por celebridades com milhões de seguidores, tais como a cantora Dua Lipa e as modelos Kylie Jenner e Bella Hadid. Da gringa até chegar no Brasil, outras famosas, como e Rafa Kalimann, também engajaram nas cybershots.

Não é de se admirar, portanto, que já tenha chegado a .

Transmite

Dudi Lorenzoni De Lima é uma adolescente de 16 anos que mescla as rotinas da escola com o hobby por fotografia. Ela começou a fotografar com a uma câmera Cybershot da marca Casio herdada dos pais – em 2022 pela qualidade ser melhor do que a do seu celular e também pelas fotografias transmitirem .

“A fotografia dela é bem simples, com opções resumidas e fáceis de usar, além de ser pequena que é fácil de carregar no bolso, cabe cartão de memória. As desvantagens são que, por serem antigas, acabam tendo defeitos difíceis de consertar, como a bateria, é difícil de achar os modelos ou carregador como da própria Cybershot”, diz a adolescente ao Jornal Midiamax.

Foto câmera antiga
(Foto: Dudi Lorenzoni De Lima)

Apesar dos ‘perrengues’, Dudi ressalta que são pequenos em comparação com os benefícios, como ter uma qualidade ‘inferior’ em prol da arte, como ruídos que trazem uma estética mais vintage às imagens.

“Na minha opinião, por ela ter a qualidade que traz um sentimento de nostalgia, a Cybershot se torna um capturador de momentos. Eu percebo que pessoal da minha voltou a usar, principalmente porque pedem pra eu levar minha câmera e fotografar. Acho que a tendência surgiu justamente por esse negócio de se guardar momentos, e coisas entre amigos são momentos a serem guardados, assim como em família que meus pais capturavam em 2009”, recorda a adolescente.

Câmeras Cybershot sucedem as analógicas

A nova preferência pelas câmeras ‘Cybershots’ é sucessora da câmara analógica. Até pouco tempo atrás, a moda era ‘voltar no tempo’ para fotografar com filmes e revelar as imagens nas salas escuras. Segundo o fotógrafo profissional Henrique Arakaki, a fotografia analógica ainda é um movimento bem expansivo em pela estética e experiência que ela traz em comparação com as câmeras DSLR, as mais modernas.

Foto de mar com câmera antiga
(Foto: Dudi Lorenzoni De Lima)

No caso das câmeras ‘Cybershots’, ele afirma ser uma preferência nova e que começa a ganhar forma agora no Estado. Assim, a expectativa é que, nos próximos seis meses, mais pessoas passem a usar as câmeras compactas. Afinal, é o tipo de instrumento que oferece uma vivência única ao fotografar.

“O segredo para tirar foto com a Cybershot é utilizar a limitação dela a favor. Usar da ‘baixa qualidade’ como estética da foto. Por isso, dá para usar para tirar fotos entre amigos com flash mesmo, fazendo uma estética do anos 2000 que está voltando para a moda do Instagram por aí”, explica o especialista.

Fotos tiradas com Cybershot

Confira, abaixo, outras fotos tiradas com câmera Cybershot pela autoria de Dudi Lorenzoni De Lima: