Ave facilmente encontrada em todo o território nacional, as avoantes ou rolinhas, como são mais conhecidas na nossa região, são as escolhidas desta semana para o quadro “Ninhos e abraços, descobrindo o mundo dos passarinhos”.

São ao todo catalogadas onze subespécies, espalhadas pelo país, como sendo columbiformes, da família Gregária, e que podem formar bandos de milhares de indivíduos, durante as migrações ou em pousos coletivos nos locais em que dormem.

Avoante/rolinha. (Madu Livramento, Midiamax)

As rolinhas ficam mais agrupadas em bandos ou formando casais, porém, algumas preferem viver sozinhas. Elas podem também ser encontradas em áreas urbanas, tendo o cerrado como sendo o seu habitat.

O nome científico é (Pomba) Zenaida, com pequena orelha, sendo Zenaida se referindo ao gênero, e do latim auriculata, auriculatus diminutivo de auris = pequena orelha.

Quais as características das rolinhas?

Conforme o observatório Wikiaves, esta espécie é de tamanho intermediário e chega a medir até 25 centímetros de comprimento. O macho, quando se exibe enchendo o pescoço para atrair as fêmeas nas épocas de acasalamento, mostra manchas cor-de-rosa e azuis, quando iluminado pela luz do sol e tem a cabeça azulada, o que é diferente na fêmea, em que a cabeça é de um tom amarronzado meio ruivo, e quando o sol ilumina o pescoço percebe-se uma cor meio amarelada e esverdeada.

Casal de avoante namorando (Madu Livramento, Midiamax)

No entanto, não há dimorfismo sexual fora da época reprodutiva, pois, as cores das penas de ambos os sexos são praticamente idênticas, sem contar o dorso pardo, com duas faixas pretas nas atrás dos olhos, que seriam as ‘orelhas’ e manchas pretas nas asas.

Alimentação, reprodução e hábitos

A alimentação se resume em silvestres e brotos de plantações, além de serem atraídas por restos de alimentos como farelos de pão e de milho. A Avoante também é uma espécie com alta capacidade de procriação, que no caso são chamadas de prolíficas.

Os 5 municípios de MS com o maior número de registro fotográfico de Avoante (Madu Livramento, Midiamax)

Os ninhos normalmente são construídos em arbustos, palmeiras e até mesmo no forro dos telhados, e às vezes são tão ralos que dependendo do amontoado de gravetos é possível que você veja os ovos através deles. A ninhada varia entre 2 ou 3 filhotes, sendo estes alimentados pelos pais e deixando o ninho dentro de duas semanas.

Casal de avoante (Madu Livramento, Midiamax)

É uma ave originalmente campestre típica da caatinga, do cerrado e dos campos. Sua distribuição, beneficiada pelo desmatamento, vem aumentando significativamente além de conquistar efetivamente até mesmo o ambiente urbano, chegando às grandes metrópoles, onde sua população vem aumentando a cada ano.

Voam muito rápido e com modificações de altura e em zigue-zagues, o que acaba sendo um diferencial das demais pombas.

Formam bandos enormes em locais onde realizam as migrações locais nas épocas de seca e, atualmente, em zonas rurais, essa espécie é combatida como praga da lavoura.

O que é uma ave columbiforme?

Avoante (Madu Livramento, Midiamax)

Aves com vasta distribuição geográfica que por se aproveitarem com muita propriedade da convivência com os humanos, algumas espécies são bastante comuns no meio urbano. 

São geralmente granívoros e frugívoros, já que eles não trituram os alimentos e apenas deglutem, os vegetais são dispensados.

A cabeça é relativamente menor que o corpo, o seroma, que é um acúmulo de fluido tecidual, ocorre logo acima das narinas, além de terem os bicos curtos e os dedos muito bem desenvolvidos (e moles) e a plumagem ser rica em pó. 

Quando voam produzem um som agudo e que se prolonga no tempo, devido às suas rêmiges sonoras.

Avoante (Madu Livramento, Midiamax)

Saiba Mais