Turismo além de Bonito: destinos menos 'glamourosos' de MS também são boa opção

Confira algumas opções tão belas quanto Bonito, mas menos conhecidas e comentadas que a famosa cidade
| 08/01/2022
- 14:30
Com natureza exuberante
Com natureza exuberante

Apesar de Bonito ser o local com maior fama no sul-mato-grossense, nosso Estado tem outras diversas belezas naturais para serem aproveitadas pelos turistas e pelo próprio povo que vive aqui.

Bonito, que fica a 300 quilômetros de Campo Grande, é um dos principais destinos de ecoturismo do mundo, fazendo com que muita gente esqueça que o Estado tem mais lugares esplêndidos a serem visitados. 

Como o recesso de janeiro ainda está aí, o MidiaMAIS preparou uma lista com algumas opções menos glamourosas para serem apreciadas em .

Sítios Arqueológicos

Pouco conhecida, a cidade de Alcinópolis, a 387 quilômetros de Campo Grande, é uma boa opção para quem procura um passeio diferente. A cidade possui sítios arqueológicos com inscrições rupestres com milhares de anos. A vista de cima dos morros e as paisagens naturais também chamam a atenção.

Um dos passeios turísticos é o Sítio Arqueológico Serra do Barro Branco, que possui cavernas com inscrições de milhares de anos, paisagens naturais e a observação de aves raras. Já o Sítio Arqueológico Gruta do Pitoco, é conhecido por ter misteriosas passagens subterrâneas que levam a várias pinturas rupestres. O Templo dos Pilares é outro sítio arqueológico com inúmeras inscrições rupestres.

Parque das Emas e Parque Salto do Sucuriú

A 384 quilômetros da Capital, a cidade de Costa Rica é famosa pelos Parques Naturais, que oferecem belos cenários para contemplação e também a prática de várias atividades de aventura. No Parque Nacional das Emas, por exemplo, é possível praticar o boia cross, andar de bike e fazer caminhadas e safari. O Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú tem uma das maiores tirolesas do Estado e é muito procurado para a prática de rapel, arvorismo e trilhas.

A Água Santa do Paraíso é uma atração curiosa em Costa Rica. Na pequena lagoa, acontece uma forte ressurgência, onde o banhista se joga nas águas vindas de profundidades rochosas ainda quentes e não afunda, por mais que se esforce.

Corumbá/Pantanal

Outro destino turístico importante em Mato Grosso do Sul é Corumbá, que fica a 429 quilômetros de Campo Grande, e traz atrativos para quem quer conhecer o Pantanal. O destino também é recomendado para observadores e fotógrafos de natureza, já que o local abriga 230 espécies de peixes, 650 espécies de aves, 80 espécies de mamíferos e 50 de répteis, segundo a Fundação de Turismo de MS.

Entre os passeios turísticos, há várias opções, como cruzar o Pantanal de barco ou chalana, andar a cavalo, ver animais na natureza selvagem durante o dia ou à noite, contemplar o pôr do sol, provar da gastronomia pantaneira ou hospedar-se em fazendas e barcos-hotéis.

Uma das cidades mais antigas do Estado, Corumbá também é rica em história. A cidade possui atrativos como o Forte Junqueira e Forte Coimbra, o Porto Geral e seus casarios antigos, monumentos, museus, além do Mirante São Felipe, que possibilita a vista de toda a cidade e também  do Rio Paraguai e do Pantanal.

Rio Verde de Mato Grosso

Rio Verde de Mato Grosso, a 204 quilômetros de Campo Grande é mais uma opção de turismo. O município é um dos principais polos turísticos da região Norte de MS e conta com boa infraestrutura para quem gosta de contato com a natureza.

Os passeios de destaque são os balneários com rios e cachoeiras, grutas, morraria, sítios arqueológicos, trilhas, cavalgadas, passeios de barco e pesca esportiva.

Veja também

Confira o passo a passo de como fazer esse delicioso Bolo Pé de Moleque

Últimas notícias