Quando pensamos nas festas populares no Brasil, já criamos a expectativa de que no começo do ano vamos celebrar o Carnaval, no fim do ano o Natal e a Virada e, no meio do ano, as festas juninas e julinas, ligadas ao São João e Santo Antônio, de tradição católica, mas enraizada na cultura brasileira.

Após dois anos afetados pela pandemia, as festas juninas vão voltar ao calendário de Campo Grande. Confira a seguir as principais já confirmadas:

20º Arraial de Santo Antônio

Tradicional arraial, a festa junina promovida pela prefeitura de Campo Grande deste ano será na Praça do Rádio, nos dias 10, 11, 12 e 13 de junho.

Ainda sem detalhes, estão confirmadas pela Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo) diversas atrações musicais, barracas com quitutes juninos e o tradicional concurso de quadrilhas. Ainda conforme a Sectur, em breve será divulgado link de inscrições e todos os detalhes da maior festa junina do Mato Grosso do Sul.

Festa Junina da UCDB

O retorno da Festa Junina da UCDB contará com três dias de evento e sete atrações no palco de uma das maiores festas universitárias de Mato Grosso do Sul. No primeiro dia, 15 de junho, é Wesley Safadão e Belchior; no dia 17, as duplas Léo & Raphael e Diego & Victor Hugo, e no sábado, 18 de junho, João Gustavo & Murilo, Jads & Jadson e Kamisa 10 fecham a programação.

Os ingressos já estão à venda na entrada principal da UCDB, no site do evento e nas unidades da barbearia A Banca. Serão cinco áreas para o público e, em todas elas, os acadêmicos da UCDB terão descontos até o dia 27 de maio. Os alunos da UCDB deverão adquirir os ingressos exclusivamente na entrada principal da UCDB mediante apresentação de comprovante de matrícula 2022A.

Festa Junina da AACC

Ainda sem muitos detalhes, está confirmada a Festa Junina da AACC (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer) no dia 11 de junho durante evento no Shopping Bosque do Ipês. Segundo a assessoria as atrações serão divulgadas em breve.

Outras festas

Também com tradição em festas juninas universitárias, a Uniderp confirmou que não vai realizar evento este ano.

O Jornal Midiamax também entrou em contato com a Arquidiocese de Campo Grande para saber se há programação em alguma paróquia da cidade, mas até o momento não obteve confirmação.