Governador quer reduzir burocracia e focar na questão pedagógica nas escolas

Algumas mudanças e propostas devem ser implantadas na rede estadual de ensino, assegura o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), que participou de evento com diretores de escolas, nesta terça-feira (27), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

O objetivo do encontro foi apresentar planejamento e prioridades do governo na área de Educação do Estado. Comentou, na ocasião, sobre a instituição de pregão eletrônico, como forma de economia de 10 a 15%, que deve ser revertido em investimentos no setor, assim o governo conseguir equacionar as contas do Estado.

Azambuja também apresentou proposta de nomear diretores-adjuntos em instituições de ensino que tiveram mais de 500 estudantes, como forma de dividir problemas administrativos e focar mais na parte pedagógica. O tucano reclamou do índice do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), apresentado pelo Estado em 2013 e cobrou maior empenho para elevação do número.

Prometeu, ainda, implantar uma ata global de preços em todo o Estado para reduzir a burocracia quando for preciso fazer pequenos reparos nas escolas, como troca de telhado, citou como exemplo.

Também é estudado adicional, por exemplo, escolas que preservarem o patrimônio da instituição podem ganhar adicional, disse.  Citou também computadores antigos que impossibilitam a instalação de programas modernos e prometeu melhoria na informática.