Médico contrai ebola após tratar paciente na Nigéria

Um médico de Lagos que tratou um liberiano morto no mês passado na Nigéria pelo vírus ebola também foi contaminado, tornando-se o segundo caso registrado na maior cidade do país, indicou nesta segunda-feira o ministro nigeriano da Saúde. “Este novo caso é um dos médicos que havia tratado o liberiano morto pelo ebola”, afirmou o […]
| 04/08/2014
- 19:41
Médico contrai ebola após tratar paciente na Nigéria

Um médico de Lagos que tratou um liberiano morto no mês passado na Nigéria pelo vírus ebola também foi contaminado, tornando-se o segundo caso registrado na maior cidade do país, indicou nesta segunda-feira o ministro nigeriano da Saúde.

“Este novo caso é um dos médicos que havia tratado o liberiano morto pelo ebola”, afirmou o ministro Onyebuchi Chukwu.

Ele acrescentou durante uma coletiva de imprensa que 70 outras pessoas suspeitas de terem tido contato com o paciente liberiano estavam sendo monitoradas. Oito delas foram colocadas em quarentena em Lagos, três das quais apresentam sintomas.

Uma unidade de quarentena foi criada na capital econômica da Nigéria. Testes foram realizados nessas três pessoas e os resultados são esperados para esta segunda, segundo o ministro.

O paciente liberiano chegou em 20 de julho a Lagos, onde morreu cinco dias depois. É o primeiro caso fatal na Nigéria da grave epidemia de Ebola que atinge três outros países da África desde o início do ano.

Últimas notícias