Maradona detona Blatter: “Fifa virou parque para corruptos”

Segundo Maradona, o futebol "mudou para pior" 
| 25/05/2015
- 16:42
Maradona detona Blatter: “Fifa virou parque para corruptos”

Segundo Maradona, o “mudou para pior” 

A quatro dias da eleição que provavelmente confirmará Sepp Blatter para seu quinto mandato como presidente da Fifa, o ex-jogador Diego Maradona publicou um texto no jornal inglês The Telegraph fazendo pesadas críticas ao dirigente suíço. O ídolo argentino – que apoia um dos concorrentes de Blatter, o príncipe jordaniano Ali bin Al-Hussein, no pleito da próxima sexta-feira – afirmou que a entidade máxima do futebol se transformou em um “parque de diversões para os corruptos” nos 17 anos de Blatter no comando.

Segundo Maradona, o futebol “mudou para pior” e se transformou de “um esporte do qual podíamos nos sentir orgulhosos” para “uma desgraça e uma vergonha dolorosa para quem se importa de verdade”.

O ex-jogador também criticou o fato de que Blatter provavlmente seja reeleito com base em “troca de favores, agrados e negociações sem ética” em relação aos dirigentes que têm poder de voto na Fifa. Para Maradona, a admiração que o presidente suíço tem se assemelha a um “velho chefe da Máfia que de alguma forma consegue se manter fora da cadeia”.

Outro ponto levantado pelo argentino foi a perda de credibilidade da Fifa, envolta em escândalos de corrupção e com perdas recentes de mais de US$ 100 milhões por conta do caso ISL, como ficou conhecido um esquema gigante de pagamento de propinas na entidade. Para o ex-jogador, se Blatter estava “até os joelhos atolado em subornos e prejuízos e diz que não percebeu, ou ele é tolo, ou é ladrão”.

Maradona encerra o texto dizendo que a Fifa precisa de uma “liderança jovem, criativa e aberta a novas ideias”, que venha de uma “cultura futebolística, e não mafiosa”. Blatter tem 79 anos, enquanto o príncipe Ali, apoiado pelo craque argentino, tem 39. Vice-presidente da Fifa para a Ásia, ele é o principal concorrente de Blatter na eleição, mas suas chances de vitória são vistas como quase impossíveis.

 

Veja também

O candidato à presidência da República pelo Pros, Pablo Marçal, pediu hoje (19) aos eleitores...

Últimas notícias