A Sead (Secretaria de Estado de e dos Direitos Humanos) abriu para servidores públicos se candidatarem a vaga de pesquisador socioassistencial. Foram disponibilizadas 141 vagas, conforme edital publicado no DOE/MS (), nesta sexta-feira (20).

O objetivo da pesquisa é coletar dados e encontrar pessoas em situação de vulnerabilidade social, principalmente que não recebem nenhum tipo de benefício social, atualmente. Os servidores selecionados receberão R$1,5 mil pelo trabalho realizado.

De acordo com o Secretário-adjunto da Sead, Anderson Chadid, a coleta de dados será realizada pelo servidor fora do horário de expediente. Dessa forma a população poderá receber o pesquisador em feriados ou fins de semana, por exemplo.

Para se candidatar no processo seletivo simplificado o servidor deve se encaixar em critérios, como por exemplo, ser funcionário público estadual em atividade (não podendo estar em afastamento), que ocupe cargo efetivo ou comissionado.

A inscrição para o processo seletivo deve ser efetivada no site www.sead.ms.gov.br até o dia 24 de outubro. Os resultados da pesquisa devem ser divulgados ainda esse ano.

Confira o calendário do processo seletivo

Saiba Mais