Em Mato Grosso do Sul, 49.836 estudantes têm o financiamento 

Em Mato Grosso do Sul, 49.836 estudantes devem renovar o contrato do (Fundo de Financiamento Estudantil) até a sexta-feira (30). Em em meio a tantos prazos e documentos a serem entregues, muitos estudantes acabam ficando com dúvidas se tudo está de acordo com o que é exigido pelo Ministério da Educação. Para correr o risco de ficar sem o benefício, fique atento no que é exigido.

O Ministério da Educação explica que existem dois tipos de aditamento de renovação semestral do contrato de financiamento, são ele o simplificado e não simplificado. Ambos devem feitos pelo http://sisfiesportal.mec.gov.br/ Sistema Informatizado do FIES. Depois do cadastro eletrônico, a CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento)  solicitará a renovação do contrato e você fará a confirmação dos dados no sistema SisFIES.

O prazo para validar as informações do curso e os valores da semestralidade é 20 dias contados a partir da data de conclusão da solicitação.

Para o aditamento simplificado basta comparecer à CPSA para retirar uma via do Documento de Regularidade de Matricula, devidamente assinada pelo presidente ou vice-presidente da Comissão.

No caso do aditamento não simplificado o estudante precisa comparecer à CPSA para retirar a documentação de regularidade assinada e, em seguida, dirigir-se ao banco, acompanhado dos fiadores e do seu representante legal, se for o caso. É preciso formalizar o aditamento em até 10 dias contados a partir do terceiro dia útil após a data da confirmação da solicitação de aditamento.

Depois da regularização junto ao banco, o estudante deverá entregar uma cópia do Termo Aditivo na CPSA para finalizar o processo.

Veja abaixo a lista de documentos que deverão ser apresentados:

À comissão de supervisão: Original do documento de identificação; Original e cópia do comprovante de residência atualizado; Original e cópia da certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, em caso de alteração do estado civil do estudante após a contratação do financiamento ou realização do último aditamento; Original e cópia do termo de concessão ou termo mais recente de atualização do usufruto de bolsa parcial do Prouni, em caso de obtenção desse benefício após a contratação do financiamento ou realização do último aditamento.

Ao banco: Original do documento de identificação; Original e cópia do comprovante de residência atualizado; Original e cópia da certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, em caso de alteração do estado civil do estudante após a contratação do financiamento ou realização do último aditamento; Original e cópia do termo de concessão ou termo mais recente de atualização do usufruto de bolsa parcial do Prouni, em caso de obtenção desse benefício após a contratação do financiamento ou realização do último aditamento.

Ao banco: Original do documento de identificação; Original do CPF; Originais e cópias da certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso; Original e cópia do comprovante de residência; Original e cópia do comprovante de rendimentos, em caso de alteração de renda, inclusão ou substituição de fiador do contrato de financiamento.