A Econômica Federal e o Banco do Brasil começam a pagar nesta segunda-feira (17) o abono salarial de 2021 a trabalhadores da iniciativa privada nascidos em maio e junho. A liberação segue até o mês de julho, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário.

O depósito de até um salário mínimo é pago aos inscritos no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos, que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano de 2021, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Para servidores públicos, militares e empregados de estatais, inscritos no Pasep, o pagamento também começa nesta quarta-feira e vai até 17 de julho, pelo Banco do Brasil. Nos dois casos, PIS e Pasep, o estará disponível até 28 de dezembro. Após esse prazo, os recursos voltam para o caixa do governo.

Trabalhadores da iniciativa privada que recebem pela :

Mês de nascimento        Data do pagamento

Maio e junho                     17 de abril

Julho e agosto                  15 de maio

Setembro e outubro          15 de junho

Novembro e dezembro      17 de julho

Trabalhadores do setor público, que recebem pelo Banco do Brasil:

Final da inscrição        Data do pagamento

2 e 3                              17 de abril

4 e 5                              15 de maio

6 e 7                              15 de junho

8 e 9                              17 de julho

Os valores pagos a cada trabalhador variam de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2021.