“Sem condições de sair”. Assim começou o dia do autônomo Diogo Correa, de 35 anos, morador do Conjunto Residencial Rui Pimentel, localizado no bairro Centro Oeste de Campo Grande, com as fortes chuvas que atingiram a Capital na manhã desta quarta-feira (4).

Ilhado e sem conseguir sair de casa, concentração de água criou um ‘lago’ no conjunto habitacional, o que impede o trânsito de pedestres e veículos no local. O volume é tão grande que chegou a cobrir o pneu do carro de Diogo.

“Nós recebemos esse empreendimento em outubro de 2019 pela prefeitura sem a saída da água pluvial. Os bueiros foram todos feitos, mas sem a saída do condomínio. Então toda vez que chove acontece isso e a região fica alagada”, afirma o autônomo ao Jornal Midiamax.

(Imagens: Leitor Midiamax)

Morador ainda ressalta que entrou em contato com a Águas Guariroba várias vezes, mas nunca obteve retorno.

O Jornal Midiamax pediu um retorno sobre essa situação à prefeitura e Águas Guariroba e aguarda retorno. Espaço segue aberto para manifestações.