Um ano depois, jovem que teve celular de estudos roubado no ponto de ônibus passa em 1º lugar na UFMS

De escola pública, Peterson não desanimou e continuou estudando para passar no vestibular de Direito
| 12/02/2022
- 13:44
Um ano depois, jovem que teve celular de estudos roubado no ponto de ônibus passa em 1º lugar na UFMS

Há quase um ano, o Jornal Midiamax contava a história de Peterson Brito Araújo, de 17 anos, que teve o único meio de estudos, um celular, roubado em um ponto de ônibus no Portal Caiobá, em Campo Grande. O adolescente disse na ocasião que o sonho era se tornar advogado e, após o episódio, a história ganhou um novo capítulo: Peterson passou em 1º lugar no curso de Direito da (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Após o roubo, Peterson disse à reportagem que ficou desanimado, mas ao ler os comentários dos leitores do Midiamax conseguiu recuperar o ânimo para não desistir do sonho de ser advogado. "Eu tinha apenas um celular que foi roubado, através da reportagem do Midiamax eu pude receber um celular novo e um computador para os estudos. Me preparo desde o 1° ano do ensino médio, eu já fiz o Enem três vezes, participei de três etapas do PASSE da UFMS e também no meu 3° ano fiz o da UFMS", comentou.

Ele explica que nunca estudou em escola particular e também nunca fez cursos preparatórios. Com o celular, sempre aproveitava para estudar e se aprofundar nos conteúdos com videoaulas do YouTube, colocando tudo em prática.

De família humilde, a mãe é só alegria com o filho. "Queria que outros jovens soubessem que na vida nada é fácil, mas com perseverança, garra e muita dedicação, tudo é possível. Estou muito orgulhosa", disse Fabiana Brito à reportagem.

As aulas começam no dia 7 de março e Peterson deixa um recado para os estudantes de escola pública que querem estudar o curso dos sonhos. "No momento em que eu tirei a minha foto com a camisa da escola de rede estadual, eu queria mostrar para os jovens que não têm condições, igual a mim, que é sim possível entrar em um curso concorrido em uma universidade pública sem ter condições de pagar uma escola particular ou fazer cursinho. Com a dedicação e perseverança, conseguimos chegar a qualquer lugar", finaliza o futuro advogado.

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul) presenteou o adolescente com um computador e o novo celular foi dado pelo advogado Hugo Fuso. A irmã de Peterson também foi presenteada com um computador para estudar, desta vez pelo empresário Roger Mascaros.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental de São Gabriel do Oeste captura serpente em ferro velho...

Últimas notícias